Mercado

Governo dá 20 dias para empresas apresentarem propostas de logística reversa

Governo dá 20 dias para empresas apresentarem propostas de logística reversa

Os segmentos responsáveis pela logística reversa de pneus, lâmpadas pós-consumo e resíduos de material de construção.

 

Devem apresentar propostas e alternativas para minimizar o impacto ambiental causado pelos produtos.

Os segmentos responsáveis pela logística reversa de pneus, lâmpadas pós-consumo e resíduos de material de construção devem apresentar ao governo do Estado, num prazo de 20 dias, propostas e alternativas para minimizar o impacto ambiental causado pelos produtos inservíveis.

Durante toda a semana, a Divisão de Resíduos Sólidos da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo promoveu reuniões com os representantes das empresas responsáveis por esses itens, buscando soluções para aplicar a logística reversa.

 “O objetivo desses encontros é fazer com que as empresas ampliem a coleta e destinação dos produtos pós-uso. Esses resíduos podem voltar à cadeia produtiva, servindo de matéria prima para diversas indústrias, gerando emprego e renda”, diz o chefe da Divisão de Resíduos Sólidos da secretaria, Laerty Dudas.

Entre as propostas discutidas estão o aumento do número de pontos de coleta regular, a realização de campanhas de entrega de inservíveis nos municípios e o compromisso de compartilhar dados sobre a coleta em todo o Estado.

 

Leia também: Anip orienta não usar pneus reformados em motocicletas

Leia também: Continental lança pneu para autocarros elétricos

 

Fonte: Primeira Página, com informações do site Bem Paraná.

 

Redes Sociais